A palavra inicial

Vi morrerem estas rosas,

enquanto a tarde caía;

e vi-as renascerem, quando

a noite derramou sobre

elas a sua água negra.

De manhã, estavam vivas;

e pude colhê-las para as

pôr na terra do poema,

onde a sua frescura se

mantém, como se cada

pétala fosse uma sílaba,

e em cada rosa se ouvisse

a palavra inicial.

Nuno Júdice

Anúncios